O Movimento Saúde Mental completou a entrega gratuita de 50 mil marmitas numa ação solidária contra a fome na região sudoeste de Fortaleza. A ação, direcionada a famílias em situação de pobreza extrema teve início em janeiro deste ano.

Para realizar essa ação solidária de emergência, o Movimento Saúde Mental dispõe de uma cozinha industrial construída e montada com recursos advindos de bazares de produtos doados pela Receita Federal.

As doações da Receita Federal possibilitaram o surgimento da Escola de Gastronomia Autossustentável que dispõe de cozinha, auditório, salas e instalações para armazenamento, preparo e distribuição de marmitas térmicas.

Todo o equipamento foi montado e funciona com a orientação do Programa Gastronomia Social, do Bacharelado em Gastronomia da Universidade Federal do Ceará, numa ação de extensão ativa e produtiva, com alto padrão de higiene, conservação e produção de alimentos.

São 300 marmitas distribuídas diariamente, de segunda a sexta-feira, para a comunidade do Marrocos e outras áreas em situação de vulnerabilidade socioeconômica em Fortaleza, Maracanaú e Pacatuba, com a colaboração de 15 organizações parceiras.

A distribuição conta com voluntários do Movimento Saúde Mental e de parceiros como padre Douglas, pastor Glerison, pai Neto, pastor Marcelo e das seguintes entidades: Conselho Comunitário do Bairro Jerusalém (Conjer), Queira Bem, Associação Espírita de Umbanda (Aeum), Criart do Parque São Vicente, Caminho do Bem, Aldeia Pitaguary, Doando que se Recebe, Irmão Sol – Irmã Lua, Amor ao Próximo, Gentil Somos, Pé no Chão e Ocupação Carlos Marighella.

Os insumos são doados por RB Distribuidora, Fortali Food Service, Instituto Nordeste Cidadania (INEC), Somos Um, Mesa Brasil-SESC e Programa Mais Nutrição. A Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco também contribui com doações.

A ação emergencial do Movimento estimula a reflexão por uma política pública de Segurança Alimentar, neste período em que o país enfrenta o crescimento do número de pessoas em situação de Fome.

Essa ação aciona o campo organizacional comunitário a partir da Abordagem Sistêmica Comunitária, desenvolvida pelo Movimento, orientada pelo padre Rino Bonvini, médico, missionário Comboniano.

A atuação do Movimento Saúde Mental está sintonizada com os ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, mobilizados pela Organização das Nações Unidas (ONU).

 

SERVIÇO

Escola de Gastronomia Autossustentável/ Movimento Saúde Mental

Rua Dr. Fernando Augusto, 980. Bom Jardim. Fortaleza. Ceará

Contato para entrevistas: Natália Martins (85) 991791396

Assessoria: Elizeu Sousa, CE01098JP Whatsapp (85) 999899012